Paçoquinha de amendoim

A paçoquinha de amendoim é um doce típico brasileiro, antigamente preparado com a técnica indígena de pilar os alimentos. De fato, o nome paçoca deriva da palavra indígena tupi pa'soka, que significa esmigalhar, socar, pilar no pilão. 
É um doce muito substancioso e saboroso - uma receita típica das festas juninas - amplamente consumido durante o ano inteiro. 
Em algumas localidades como o Vale do Paraíba - onde se diz que a paçoquinha acompanhada de banana em rodelas e um bom cafezinho é "a coisa mais gostosa do mundo" - é o doce típico da Páscoa. Não deixem de experimentar também esta paçoquinha esfarelada em cima de sorvete de nata ou de creme.

Ingredientes

Preparo

1. Colocar todos os ingredientes no liquidificador ou no processador. Na receita original os ingredientes são socados no pilão. 
2. Acionar o liquidificador na máxima velocidade por poucos segundos, desligar, abrir para controlar a textura do farelo e misturar.  
3. Repetir a operação até o amendoim virar uma farinha e começar a soltar o seu óleo e formar grumos. A paçoca deve se esfarelar na hora de comer - se bater tempo demais e passar do "ponto de grumos" vai virar pasta de amendoim.  
4. Colocar a massa da paçoquinha em um cortador de massa redondo (utilizei uma cilindro de 3 cm de diâmetro e 4 cm de altura) e apertar bem com um pilão ou uma rolha de vinho até ficar compacta. Desenformar empurrando a paçoquinha para fora da forminha com a rolha. 
5. Conservar em temperatura ambiente. 

Rendimento: 8 paçoquinhas.
Postado em : 28 Marzo 2018
As cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, aceita o uso de cookies. Mais informações